Residências colaborativas de investigação em arte contemporânea.

Apresentamos a você o novo site da COOPERATIVA DE ARTE, uma iniciativa que já organizou 44 residências grupais de arte contemporânea desde janeiro de 2010, junto com Curatoría Forense – latinoamérica e gestões autônomas locais de 8 países de América do Norte, América Central e do Sul (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Peru e Uruguai).

As residências contaram com a participação de mais de 360 artistas visuais, gestores, historiadores, pesquisadores, galeristas e colecionadores de arte contemporânea da América do Norte, América Central e do Sul, Europa e Ásia.

CHAMADA ABERTA.

Até 30 de novembro de 2019 é aberta a nova chamada pública para residência de arte contemporânea organizadas pela Cooperativa de Arte:

>  ACCIÓN TRANSACCIÓN III – São Paulo, Brasil. 25 de março a 5 de abril de 2020

PRÓXIMAS ATIVIDADES.

Durante os meses de setembro e outubro de 2019 realizaremos – em conjunto com a Uberbau_house – em São Paulo (Brasil) a residência de pesquisa ESPAÇO DE FALA, Gênero e Diversidade Sexual.

> Participa da pesquisa colaborativa (whatsapp).
> descarga o
Mapa das organizações de gênero e sexualidade na América Latina (pdf).
> Baixe o fanzine informativo sobre a residência.

VAMOS A MANTER CONTATO.

Para nosso equipe de trabalho é importante manter contato e responder perguntas e dúvidas sobre o programa de residências de arte contemporânea.

> Vamos falar pelo whatsapp.
> Você sabe como nossas residências funcionam?

null

ACCIÓN / TRANSACCIÓN III. São Paulo, Brasil

PESQUISA

RESIDÊNCIAS ANTERIORES.

Produção de arte contemporânea e processos sociais.

Nas Residências de Arte Contemporânea e Processos Sociais, os residentes trabalham em conjunto com as comunidades, suas organizações e vizinhos, em formas de abordar o imaginário local através de uma imersão total. Este programa foi desenvolvido na Argentina, no Chile e no Brasil; e eles foram organizados em conjunto com organizações locais.

Pesquisa de campo de arte contemporânea.

Nas Residências de Investigación de Campo realizamos uma revisão crítica, estudo de caso e um mapeamento do trabalho de arte contemporânea em cenas locais na América Latina. Estas residências são organizadas em torno de uma hipótese e um plano de trabalho relacionado a temas como Gestão Autônoma, Bienais de Arte, Pedagogia da Arte, Economia e Mercado, e Institucionalidade de Arte.

Pesquisa de sistemas de arte contemporânea.

Nas Residência de Pesquisa do Sistema de arte realizamos um debate colaborativo, conceituação e diagramação da complexidade do campo, seus processos e seus fenômenos. O objetivo deste programa é o levantamento e organização de dados, o estudo comparativo e a produção de conceituação (a partir de referências latino-americanas) sobre a estrutura do sistema de arte contemporânea.

O QUE FAZEMOS COM O QUE APRENDEMOS?

Ao final de cada residência, os participantes fazem uma apresentação pública da sua experiência na pesquisa, metodologia de trabalho, conceituação e propostas resultantes. Esta apresentação é feita no espaço da residência e por videoconferência.
O conhecimento não deve ser patrimônio, por isso as apresentações realizadas passam a fazer parte do acervo RESERVA IDEOLÓGICA (físico e online) e disponibilizadas como referência e material de trabalho para um debate aberto e constante.

Publicações Anteriores.

ARTIGOS publicados sobre o trabalho das residências.

 

BAIXA gratuitamente os fanzines produzidos durante as Pesquisas de Residências de Arte Contemporânea organizada pela Cooperativa de Arte em conjunto com a Gestão Autônoma da América Latina.

 

  • AFECTO SOCIETAL II. Escenas locales de Arte Contemporáneo.
    Mayo 2019. Guanajuato // México]
  • ACCIÓN/TRANSACCIÓN. Economía y mercado de arte contemporáneo. mayo 2018 (revisada abril 2019). [BsAs // ARG + SP // BRA]
  • RIZOMA. Cartografía de dinámicas vinculares. Enero 2019. [São Paulo // Brasil]
  • MODELOS DE RESIDENCIA II. Investigación sobre Residencias de Arte Contemporáneo en América Latina. Febrero 2018. [Villa Alegre // Chile].
  • AFECTO SOCIETAL. Escenas locales de Arte Contemporáneo.
    Abril 2018. [Guanajuato // México].
  • MANUAL DEL FRACASO PARA EL ÉXITO EN ARTE. Enero 2018. [São Paulo // Brasil].
  • SISTEMÁTICA Y SEDUCTORA. Investigación sobre Bienales de Arte en América Latina. Septiembre y octubre 2018. [São Paulo // Brasil]